A sexta alegria da Santíssima Virgem: Maria vê a Jesus Ressuscitado

0
17

Noite de terça – feira (05), mais um dia em que a comunidade católica lota a Igreja para meditar a Palavra de Deus a partir da vida de Maria.

Esta sétima noite de novenário foi presidida pelo pároco, Frei Rogério e concelebrada pelo Frei Francisco Alexandre de Lima. A reflexão do tema ficou sob os cuidados de Viviane Santana Souza Santos, da Ordem Franciscana Secular.

Muito sabiamente no inicio da sua pregação Viviane diz para os presentes que independente da quantidade de vezes que a gente consiga experimentar dessa espiritualidade Mariana, assim como na parábola do trabalhador da vinha, todos receberão igualmente as graças que o Senhor tem para nos dar por intermédio da intercessão de Nossa Senhora… e que a nossa fé em Jesus é a fé que não nos separa da mãe, ao contrário nos aproxima mais dela… Que Maria é essa mãe que vem nos ensinar a aprender a confiar no seu colo maternal”.

Falando do Evangelho do dia em Lc 24, 1-12, Santana destaca a figura de Maria Madalena,  como aquela que após ter feito uma experiência profunda com o Cristo vivo, teve a sua vida transformada. E diante do episódio da ressurreição do Senhor, Madalena e as outras mulheres que com ela estava tem seus corações convencidos pela Palavra, de que Cristo ressuscitou.Ou seja, foi pela fé que elas creram. Então, elas saem e anunciam. E finaliza, dizendo que, também nós, não nos esqueçamos da fé que foi plantada em nossos corações pelo batismo. Pois sem fé,  a gente não enxerga o Cristo Ressuscitado. “Sem fé não conseguimos perceber que Cristo está ao nosso lado em todas as situações. Precisamos olhar para dentro, para dentro de cada um de nós, para dentro do nosso coração…Quem fica na superfície não vê o Cristo Ressuscitado”.

Amanhã a comunidade São Gonçalo segue louvando a mãe de Deus, a partir das 06h com a Santa Missa no Convento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui