‘Ele é um marginal’, dispara coronel Anselmo Brandão sobre Kannário

0
12

O coronel Anselmo Brandão, comandante da Polícia Militar da Bahia, voltou a criticar o cantor Igor Kannário, que atacou a corporação durante sua apresentação no carnaval de Salvador no circuito do Campo Grande nesta segunda-feira (12). “Ele é um marginal. Responde a processo, já prendemos várias vezes. Então, fico chateado quando vejo pessoas dando espaço a uma pessoa daquela que tenta denegrir a imagem da corporação”, disse Brandão durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (14).

“Eu tenho imagens da Polícia Militar agredindo a população. Isso é abuso de autoridade, agressão. Um desrespeito à população, nós que pagamos o imposto”, bradou o artista na ocasião. No mesmo dia, em entrevista ao BNews, Anselmo Brandão reagiu: “Kannário deveria botar o capacete, descer e trabalhar junto com a tropa. Infelizmente ele não colabora com a corporação, inclusive ele joga sua massa contra a corporação. Isso é um fator de violência que gera violência. Isso não vamos aceitar. Porque nós estamos sempre nas ruas trabalhando e não é de uma hora para outra que ele vai denegrir todo o trabalho que foi feito durante muito tempo”.

O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, também saiu em defesa da polícia. “Quero dizer a ele e a todos os artistas que respeitem a polícia. Respeitem a polícia do nosso estado”, pediu.

Notícias relacionadas:

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui