sexta-feira , 23 junho 2017
Últimas Notícias
Capa » NOTÍCIAS » Brasil » Victor responderá a ação penal por suspeita de agressão à mulher

Victor responderá a ação penal por suspeita de agressão à mulher

Foto: Reprodução

A Justiça de Minas Gerais aceitou na última sexta-feira (7) uma denúncia contra o cantor Victor Chaves, 41, da dupla Victor e Léo, por suspeita de agressão à sua mulher, Poliana Bagatini Chaves, 29.

Victor tornou-se réu em ação penal que está sob sigilo. Segundo o Ministério Público, a denúncia havia sido enviada à Justiça no dia 5. A Justiça e a Promotoria não informaram por quais crimes o cantor responde. A reportagem procurou a assessoria de imprensa de Victor, que informou não ter um posicionamento até o momento.
Na semana passada, a Polícia Civil de Minas indiciou o cantor por vias de fato, uma contravenção penal, após analisar as imagens de segurança do prédio de Victor. As penas em caso de condenação variam entre prisão simples e multa.
Em vídeo postado em sua conta no Instagram na semana passada, o cantor declarou que foi indiciado por contravenção e não machucou ninguém. “O que eu pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si para pegar uma criança de um ano.
Pela minha filha, o que eu fiz, eu faria de novo”, afirmou. Anteriormente, ele havia negado a agressão, dizendo que houve um desentendimento familiar por ter levado a filha do casal para o apartamento de sua mãe.
 ACUSAÇÃO
No dia 24 de fevereiro, Poliana, que está grávida, foi até a delegacia e afirmou que Victor a empurrou no chão e a agrediu com vários chutes. Segundo a delegada Danúbia Quadros, chefe da Demid (Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência), a agressão, de acordo com o depoimento de Poliana, teria ocorrido no hall de entrada e no elevador do prédio.
Além das imagens de segurança, a outra prova que fez parte da investigação, o laudo do exame de corpo e delito ao qual Poliana se submeteu no IML (Instituto Médico Legal) após registro da queixa, não apresentou resultado aparente de agressão.
“Deu negativo”, afirmou a delegada. Segundo o depoimento de Poliana, o cantor pegou a filha do casal, de um ano e um mês, e levou para o apartamento da mãe dele, localizado no mesmo prédio, porém, no andar abaixo. “Ela disse que ficou nervosa com a situação, pois não autorizou a ida da bebê no apartamento da sogra”, disse a delegada.
 Ainda pelo relato, Poliana então desceu ao andar de baixo para “tirar satisfação” e que Victor se posicionou do lado da mãe dele na discussão e a agrediu. Dois dias depois, Poliana publicou uma carta na qual afirma que não considerou que tivesse ocorrido qualquer crime, principalmente, praticado por Victor.
* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*